Administrar o estoque é um dos desafios da logística, principalmente em empresas de comércio eletrônico. A implementação de uma estratégia de Cross Docking pode permitir que sua operação ganhe agilidade na hora da entrega e, assim, melhore a experiência de compra do seu cliente.

Com o Cross Docking, quando é feita uma compra, o pedido é encaminhado diretamente para um centro de distribuição ou armazém pelo fornecedor. Sua empresa apenas recepciona o produto, o embala e envia para o cliente. Com isso, a operação não é obrigada a manter um estoque físico. Por outro lado, os processos internos devem estar muito bem coordenados para que a entrega não sofra atrasos.

Quais as vantagens do Cross Docking:

– Reduz custos
Como não há a necessidade de manter um espaço para estocar as mercadorias, os custos caem sensivelmente.

– Agilidade na entrega
O estoque é substituído por um centro de distribuição que tem como prioridade ser eficiente no preparo e envio dos produtos aos clientes. Clientes bem atendidos são mais fiéis à marca e mais engajados.

– Não há falta de produto
Os produtos são enviados pelo próprio fornecedor, e não pela loja, e saem de acordo com os pedidos.

Possíveis problemas:

– Pode haver empecilhos na entrega
Se os processos (loja e fornecedor) não estiverem muito bem interligados, o produto pode ser entregue com atraso, com erros ou nem mesmo chegar. E não adianta culpar o fornecedor. É o nome da empresa que será lembrado quando houver problemas. Por isso, é muito importante escolher bem quem será seu parceiro de fornecimento.

– Sem gestão, não vai funcionar
Além dos processos em ordem, a gestão interna deve funcionar sem falhas. É preciso investir em tecnologias para monitorar todos os processos: pedidos, pagamentos, envio para o fornecedor, entrega, etc.

– Relacionamento com os fornecedores
Além da parte tecnológica, manter um bom relacionamento com os fornecedores é essencial. É preciso investir em pessoal para gerenciar todos esses processos e ainda se relacionar com o fornecedor caso haja algum problema. Qualquer erro de comunicação pode gerar prejuízo.

– Gerenciamento de crises
É impossível ter um negócio e achar que nunca haverá algum incidente. Se um produto tiver sua entrega atrasada, nunca culpe o fornecedor. Trata-se de um problema interno, que deve ser resolvido pela equipe de relacionamento. Explique a situação e se esforce para resolver o problema de forma transparente e honesta.

O que fazer antes de implementar o Cross Docking:

– Procure testar o serviço
Escolha um determinado produto e parceiro para entender como funciona, identifique os problemas e faça os ajustes necessários. Apenas quando estiver tudo funcionando corretamente, expanda a operação para os outros produtos comercializados.

– Um Centro de Distribuição (CD) pode ser necessário
Seja ele próprio ou terceirizado, um CD será necessário para conferir os produtos que serão enviados aos clientes e embalá-los com o seu nome.

Uma nova estratégia

Antes de implementar a estratégia de Cross Docking, é preciso “ter certeza de que a empresa está preparada e armada de bons fornecedores”, senão, o que seria uma vantagem pode se transformar em prejuízo.

Por isso, avalie se a empresa está madura o suficiente para essa nova estratégia e, principalmente: não faça nada às pressas.

Deixe uma resposta